Cenas

domingo, 28 de setembro de 2008

Não, não morri na praxe!




Para os que repararam na minha ausência no blog, aviso que esta semana, para além de não ter tido net, não tive tempo para nada!

A minha vida baseou-se em aulas, praxe, aulas, praxe, aulas, praxe, aulas e praxe (ok, talvez até tenha tido mais praxes do que aulas).

Chegava sempre a casa o suficientemente cansado para me deitar cedo (e olhem que não é muito comum na minha pessoa, principalmente quando não tenho os pais por perto).

E não, ainda não rebentei com nenhuma cozinha (pelo menos por enquanto). A única vez que cozinhei em vez de aquecer tupperwares deveu-se ao facto de não querer repetir a mesma refeição ao jantar (e desta vez decidi que era melhor não me pôr a inventar com o sal - ficou insosso e que bom que ficou). De resto, a cantina da FEUP consegue ser uma boa opção para ingerir um bom almoço a um bom preço.

Quanto ás aulas, fiquei chocado com o ritmo alucinante com que os meus profs expõe a matéria (afinal não foi por acaso que na aula de apresentação se puseram a dizer que estavam ali para nos pôr a cabeça em água, para nos reprovar e ainda para nos pôr no manicómio no final do semestre).

Senti-me como uma agulha no palheiro numa turma de 140 alunos, principalmente quando alguns se punham a falar de coisas que não percebia á hora do almoço (comversas geek).

Enfim, senti-me pequenino no meio daquilo tudo.

Se me perguntarem se estou a gostar, eu respondo que sim.

Nada como ver o meu professor de análise matemática a discursar sobre os anúncios da Martini e a dizer que os chineses vão dominar o mundo (seguindo-se de uma bela mímica do marchar oriental).

Nada como ter um grupo de trabalho porreiro, uma turma aplicada e madura e alguns colegas com quem me identifico.

Nada como chegar ao café da biblioteca e a senhora me dizer que posso ficar a dever (não me conhecendo de lado nenhum).

Nada como aprender a cantar a música do Modelo ou fazer uma oração às minhas moscas companheiras que morreram e que Deus as tenha.

Nada como soltar umas boas risadas no "Forro dos Colhões" e levar umas boas sardas de seguida.

Nada como aprender a converter números binários para decimais e vice-versa.

Nada como ter um professor de Fundamentos de Programação sempre disposto a tirar dúvidas num fórum de discussão online e que em aula diz que de 10 em 10 minutos tem que fazer o pino que é para nos despertar a atenção (cientificamente comprovado).

Nada como fazer parte da melhor Faculdade de Engenharia do País.


Enfim, sinto que estou a crescer.

8 comentários:

deKruella disse...

Eu costumo dizer que no secundário nos "obrigam" a fazer desenvolvimentos sobre um assunto. Na Univ. a coisa muda de figura e vais ter que fazer resumos de tudo.
O melhor mesmo...é fazeres tópicos ;)

Mas isso é daqui a um mês ou dois...agora nada como desfrutar as praxes e tudo o que advém daí :P

Gui wings disse...

Que é isto de fazer inveja? quase que me fazes desejar estar na FEUP. Já agora, sabias que és meu vizinho e rival na Uni? Pois , estou em letras! Imagino que a tua Uni é só rapazes...pfff deve ser lindo :D (a minha é só fêmeas e as doutoras são mesmo cabras)

Espero que te esteja tudo a correr bem.

Bju

Bisc8 disse...

dekruella:

Mais do que nunca me estou a aperceber disso, o que é deveras estranho! Obrigam-nos a desenvolver a capacidade de desenvolver e depois querem que sejamos breves e concisos.

Bahhh...

Vou tentar pensar pouco nisso, pelo menos por enquanto ;)

Obrigado pelos conselhos :)

Bisc8 disse...

gui wings:

Ahahaha

Pois é, somos rivais na Uni! xD E olha que eles aqui subestimam as praxes da faculdade de letras :P

Aqui até tem mais raparigas do que eu pensava, mas no que toca a praxes, ainda só vi uma doutora ao comando a praxar. E sim, acredito que sejam mais cabras porque foi essa a ideia com que fiquei da dita cuja xD

Enquanto não nos puserem de aspirina ou de prancha já dou graças! :P

Enfim, dá pra dar umas risadas (muito discretamente)... ehehe

Para já está a correr bem (tirando a parte em que o meu professor de Matemática bombardeia matéria e ninguém percebe) e a adaptação está a ser boa :)

Espero que também esteja a correr tudo bem contigo! ;)

Estamos na Uni, carago! :D

Obrigado! :)

Bjinhs

Sara* disse...

Really luved this post =) Já nao me lembrava das moscas companheiras! Quem me dera ter apontado as melhores :P

Bisc8 disse...

Sara*:

Ainda vais a tempo, são coisas que não se esquecem ;)

Obrigado! :D

Bjo e Bom Natal! :)

.lado errado do coração disse...

devo dizer te que me identifiquei bastante com o que deixas te aquilo escrito. também senti isso tudo, o ritmo alucinante a que nao estava habituada e o cansaço extremo depois de um dia de praxe.
mas adorei, não só sobrevivi, como adorei. realmente, só os que lá estiveram é que sabem o que é a praxe.

a unica coisa que nao gosto é ter exames logo a seguir ao natal, estraga qualquer tentativa de ferias por esta altura -.-

boa sorte com a faculdade
vamos todos crescer, tem de ser

Mariana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.